CFDs are complex instruments and come with a high risk of losing money rapidly due to leverage. 73% of retail investor accounts lose money when trading CFDs with this provider.
You should consider whether you understand how CFDs work and whether you can afford to take the high risk of losing your money.

CFDs are complex instruments and come with a high risk of losing money rapidly due to leverage. 73% of retail investor accounts lose money when trading CFDs with this provider.
You should consider whether you understand how CFDs work and whether you can afford to take the high risk of losing your money.

Indicadores de consumo

Mergulhe conosco em indicadores de confiança do consumidor e gastos futuros, incluindo pesquisas importantes que medem tendências no consumo e poupança das famílias e sua situação financeira esperada.

Por que os indicadores de consumo são importantes para a sua estratégia de trading?

À medida que a economia amadurece, a proeminência dos gastos do consumidor se torna cada vez mais importante. É por isso que os dados econômicos que medem a despesa do consumidor e a confiança merecem sua atenção.

De acordo com o Banco Mundial, o consumo doméstico representa cerca de 68% do PIB nos EUA e cerca de 66% no Reino Unido.

Ao considerar o setor dos serviços como um todo, estas proporções aumentam para cerca de 80%. A indústria representa uma proporção relativamente pequena da economia. Portanto, tanto para os EUA quanto para o Reino Unido, a perspectiva do consumidor é vital e os indicadores que refletem isso são considerados muito importantes.

Nos últimos anos, uma das grandes histórias econômicas globais tem sido o reequilíbrio da economia chinesa. A China está se afastando estruturalmente de ser uma economia que investe pesado e é orientada à exportação e à produção e vem se reorientando para ser uma economia mais baseada no consumidor.

Em 2018, o consumo doméstico só gerou cerca de 39% do PIB na China (de cerca de 35% em 2010). No entanto, as perspectivas estão mudando rapidamente. O setor de serviços responde por cerca de 52% do PIB (cerca de 48% são da indústria e construção). Esse reequilíbrio ainda precisa avançar e, nos próximos anos, os dados dos serviços fornecerão uma visão cada vez mais importante da transição. Por enquanto, os dados relativos aos consumidores e industriais têm um peso semelhante para a China.

Na Alemanha, a indústria e as exportações ainda são fatores econômicos importantes, e os gastos do consumidor são menos notáveis do que os dos EUA ou Reino Unido. O consumo doméstico alemão gira em torno de 52% do PIB, com o setor de serviços mais amplo em torno de 62%. Ao analisar os dados alemães (que por extensão têm impacto na Zona do Euro), como acontece na China, há uma ponderação relativamente igual dada aos indicadores industriais e de consumidores.

A despesa dos consumidores pode ter um impacto significativo no desempenho dos investimentos nacionais, como moedas, títulos e ações. A escala do impacto variará de país para país.

O impacto dos dados positivos surpreende nos indicadores de consumo​

Como sempre, uma leitura ativa de um indicador do consumo terá um impacto hawkish nas expectativas da política monetária.

Com os dados dos consumidores dos EUA sendo iguais, uma surpresa positiva sobre as expectativas de consenso será, portanto:

  • Positivo para os rendimentos do Tesouro dos EUA
  • Altista para o dólar dos EUA
  • Forte para as ações (principalmente dos setores orientados para o consumidor).

Infobox: Aspectos dos dados do consumidor

Há uma variedade de indicadores que determinam as perspectivas do consumidor:

  • Gastos do consumidor – são dados “rígidos” sobre despesas históricas. Vendas no varejo predominantemente de interesse.
  • Pesquisas com consumidores – são dados “suaves” que ajudam a prever gastos atuais e futuros. Pesquisas de confiança são acompanhadas com atenção.

Os indicadores do mercado habitacional também merecem ser vistos. Embora os dados relativos à habitação não sejam estritamente indicadores de consumo, ele continuam desempenhando um papel fundamental.

Vendas no varejo