CFDs are complex instruments and come with a high risk of losing money rapidly due to leverage. 66% of retail investor accounts lose money when trading CFDs with this provider.

You should consider whether you understand how CFDs work and whether you can afford to take the high risk of losing your money.

Please be advised that our Client Portal is scheduled for essential maintenance this weekend from market close Friday 16th February, 2024, and should be back up and running before markets open on Sunday 18th February, 2024.

Temos o prazer de anunciar que estamos nos preparando para uma atualização em nosso Portal do Cliente, com o objetivo de melhorar sua experiência conosco. O Portal do Cliente não estará disponível para você a partir do fechamento do mercado na sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024, e deverá voltar a funcionar antes da abertura dos mercados no domingo, 18 de fevereiro de 2024.

CFDs are complex instruments and come with a high risk of losing money rapidly due to leverage. 66% of retail investor accounts lose money when trading CFDs with this provider.

You should consider whether you understand how CFDs work and whether you can afford to take the high risk of losing your money.

Procurar
Close this search box.

O que são indicadores de trading?

Stock market trading graph and candlestick chart

Eles são uma ferramenta importante e necessária para proporcionar acesso ao mercado e tomar importantes decisões de investimento. Aqui vamos aprender sobre o que são indicadores de trading, quais são os diferentes tipos de indicadores e os mais utilizados. Com isso, compreenderemos os conceitos básicos necessários antes de implementá-los em nossas próprias estratégias de trading.

 

 

Os indicadores de trading são cálculos matemáticos baseados no preço e/ou volume de um título. Os traders os utilizam para terem informações sobre o estado atual de um mercado e identificar possíveis oportunidades de trading. Há muitos tipos diferentes de indicadores de trading disponíveis. Cada um tem seu próprio método de cálculo e abordagem para a análise de mercado. Vamos falar sobre alguns deles, destacando os usos específicos de cada um.

 

Quais são os diferentes tipos de indicadores de trading?

 

Existem três categorias principais de indicadores de trading que vamos analisar: de impulso, de tendência e de volatilidade.

 

Indicadores de impulso

 

São uma ferramenta importante para a análise técnica e muito usados pelos traders para avaliar a que taxa o preço de um título varia. Os indicadores de impulso mostram que, quando o preço de um título se move em uma determinada direção, o impulso nessa direção deve continuar até que haja uma mudança significativa no sentimento do mercado ou tendência. Dessa forma, os traders poderão identificar quando uma tendência está perdendo força e quando pode haver uma reversão de tendência potencial.

 

Dentre os vários indicadores de impulso diferentes, estão o Índice de Força Relativa (RSI) e o Oscilador Estocástico. Eles facilitam para que os traders identifiquem condições de sobrecompra ou sobrevenda e possíveis sinais de compra e venda. É importante lembrar que os indicadores de impulso não devem ser usados como único recurso. Eles devem sempre ser combinados com outras ferramentas de análise técnica e a análise fundamental deve ser realizada antes de fazer qualquer negociação.

 

O RSI, por exemplo (que explicaremos em detalhes mais à frente) é um indicador de impulso muito usado, que ajuda os traders a identificar condições de sobrecompra ou sobrevenda. Quando o RSI está acima de 70, é considerado sobrecompra e, quando está abaixo de 30, é considerado sobrevenda. Esses níveis podem mostrar oportunidades de compra ou venda em potencial para os traders.

 

Outro indicador de impulso é o Oscilador Estocástico, que mede o nível do preço de um título em relação à sua variação de preço durante certo período. Ele pode ajudar os traders a identificar potenciais condições de sobrecompra e sobrevenda e ser usado para gerar sinais de compra e venda.

 

Indicadores de tendência

 

Essa é outra ferramenta muito usada pelos traders para identificar e seguir tendências no preço de um título. Uma tendência é a direção geral em que o preço de um título está se movendo e pode ajudar os traders a identificar oportunidades de lucrar. Os indicadores de tendência servem para ajudar os traders a identificar a direção da tendência e a tomar decisões de trading com base nessas informações.

 

Os traders têm à mão vários tipos de indicadores de tendência, incluindo médias móveis, linhas de tendência e o indicador Média Móvel Convergente e Divergente (MACD). As médias móveis, por exemplo, são um dos indicadores de tendência mais utilizados e visam traçar o preço médio de um título ao longo de um determinado número de períodos em um gráfico (entraremos em mais detalhes abaixo). Outro indicador de tendência popular são as linhas de tendência, que envolvem ligar uma série de pontos de preço e usar a linha resultante para determinar para onde vai a tendência.  O MACD é um indicador de tendência mais avançado que usa a diferença entre duas médias móveis para determinar a direção da tendência.

MACD graph

 

Os indicadores de tendência, além de ajudarem a identificar a direção da tendência, também podem auxiliar os traders a identificar possíveis reversões de tendência. Por exemplo, uma mudança na direção de uma linha de tendência ou um cruzamento no indicador MACD pode sinalizar uma inversão de tendência. É possível ajustar as estratégias de trading com base nessas informações e aproveitar as oportunidades do mercado.

 

Indicadores de volatilidade

 

O último dos indicadores de trading são os indicadores de volatilidade. Eles são componentes fundamentais da análise técnica e ajudam muito os traders a avaliar o nível de risco associado a um título. O termo “volatilidade” se refere ao grau de flutuação de preços ou a quanto o preço de um título muda durante um certo período de tempo. Quanto maior a volatilidade, maior será a flutuação dos preços e maior será o risco associado a um título.

 

Ao se usar indicadores de volatilidade, o objetivo é ajudar os traders a determinar o nível de risco associado a um título. Essas informações são muito importantes para os traders, pois os ajudam a tomar decisões de trading informadas, como quando entrar ou sair de uma negociação e quanto investir. Os indicadores de volatilidade podem ser usados para identificar períodos de baixa ou alta volatilidade e para ajustar as estratégias de trading. Durante períodos de alta volatilidade, os traders têm a opção de reduzir sua exposição ao mercado diminuindo suas posições ou podem sair totalmente de uma negociação para minimizar o risco.

 

Os vários tipos de indicadores de volatilidade incluem as bandas de Bollinger, o Average True Range (ATR) e a volatilidade histórica. As bandas de Bollinger são um indicador de volatilidade popular que traça dois desvios padrão de uma média móvel simples e são usadas para indicar o nível de volatilidade de um título (veja mais abaixo). O Average True Range(ATR) é outro indicador de volatilidade que mede a variação média de movimentos de preços ao longo de um certo número de períodos. Já o indicador de volatilidade histórica é usado para medir os movimentos de preços passados de um título e pode ser utilizado para dar uma estimativa da volatilidade no futuro.

 

Indicadores de trading mais usados

 

O foco aqui será em três dos indicadores de trading mais usados nas categorias: indicadores de impulso, tendência e volatilidade. Eles são o Índice De Força Relativa (RSI), as Médias Móveis e as Bandas de Bollinger.

 

Índice de Força Relativa (RSI)

 

O RSI é um indicador de impulso muito popular, que pode ser usado em diversas estratégias e estilos de trading. É um indicador simples, mas eficaz, que dá informações valiosas aos traders e investidores. Ele ajuda os traders a identificar potenciais reversões de tendências, condições de sobrecompra ou sobrevenda e oportunidades para comprar ou vender. O RSI é traçado em uma escala de 0 a 100. Se um título tiver uma medição do RSI acima de 70, é considerado sobrecomprado. Se a medição ficar abaixo de 30, isso é considerado sobrevenda, acionando sinais que são enviados para o trader.

 

RSI graph

Ele também pode ser usado em combinação com outras ferramentas e indicadores de análise técnica, como médias móveis, linhas de tendência e osciladores. Isso ajuda a confirmar os sinais de trading e aumentar a precisão da análise de mercado. É bom lembrar que, embora o RSI seja uma ferramenta valiosa para os traders, ele não é um indicador independente e não deve ser usado isoladamente. Ao tomarem suas decisões de trading, os traders devem sempre estar atentos a outros fatores, como o sentimento de mercado, os dados econômicos e a ação do preço.

 

Médias Móveis

 

As médias móveis são outro tipo de indicador de trading. Elas são indicadores de tendência populares usadas por traders e investidores para identificar e acompanhar as tendências dos preços dos títulos. Entre os diferentes tipos de médias móveis, estão as médias móveis simples (SMA), médias móveis exponenciais (EMA) e médias móveis ponderadas (WMA). Elas são calculadas de formas diferentes e cada uma tem suas vantagens e desvantagens.

 

55 days moving averages

Um dos principais benefícios das médias móveis é que elas ajudam a identificar tendências no mercado e a tomar decisões de trading com base em informações. Se o preço de um título estiver consistentemente acima de sua média móvel, ele é considerado em tendência de alta e os traders podem procurar oportunidades de compra. Por outro lado, se o preço de um título estiver consistentemente abaixo de sua média móvel, ele é considerado em tendência de baixa e os traders podem procurar oportunidades de venda.

 

As médias móveis também podem ajudar os traders a identificar níveis de suporte e resistência. Por exemplo, se o preço de um título estiver aumentando consistentemente em sua média móvel de 200 dias, os traders podem ver isso como um nível-chave de suporte ou resistência e adaptar suas estratégias de trading. Os traders também podem usar diversas médias móveis, como uma média móvel de 50 dias e de 200 dias, para ajudar a confirmar a direção e a força da tendência. Da mesma forma que com o RSI, as médias móveis não devem ser usadas isoladamente, mas considerando todas as condições do mercado ao negociar.

 

Bandas de Bollinger

 

O último indicador de trading do qual falaremos são as Bandas de Bollinger, um indicador de volatilidade. Quando o preço de um título está sendo negociado de forma consistente perto da Banda de Bollinger superior, isso é a indicação de uma forte tendência de alta. Se ele está sendo negociado de forma consistente perto da Banda de Bollinger inferior, isso indica uma forte tendência de queda. A largura das Bandas de Bollinger também pode fornecer informações sobre o nível de volatilidade do mercado. Se as bandas forem largas, isso indica volatilidade alta. Se forem estreitas, isso indica volatilidade baixa. Os traders podem usar essas informações para adequar suas estratégias de trading com base nas condições do mercado.

As Bandas de Bollinger também ajudam os traders a identificar possíveis breakouts. Quando o preço de um título ultrapassa a Banda de Bollinger superior, isso pode ser sinal de uma tendência potencial de alta, e se ultrapassa a Banda de Bollinger inferior, pode indicar uma tendência de baixa em potencial. Essas informações costumam ser usadas pelos traders como um sinal para entrar ou sair de negociações. Aqui também as Bandas de Bollinger não devem ser usadas isoladamente.

 

Conclusões sobre os indicadores de trading

 

Os indicadores de trading são, de maneira geral, uma ferramenta importante para os traders utilizarem nos mercados financeiros. Os cálculos estatísticos com base no preço e no volume de um título dão informações valiosas para os traders, como o estado atual de um mercado, e ajudam a identificar oportunidades de trading. Existem vários tipos diferentes de indicadores de trading que se enquadram em categorias separadas (impulso, tendência e volatilidade). Todos eles são calculados de formas distintas e suas aplicações são ligeiramente diferentes.

 

Usar um ou mais desses indicadores ajuda bastante a identificar oportunidades de trading. No entanto, é importante observar que nenhum indicador isolado pode fornecer todo o panorama do mercado. Os traders devem usá-los de forma combinada entre eles e com outras ferramentas de análise técnica e estratégias de gerenciamento de risco para que a estratégia de trading seja completa.

Pronto para começar a negociar?
Publicações relacionadas
SWAP on a wooden cubes with pen and calculator
Guias de negociação
Swap: Ele Não É Tão Ruim Quanto Parece

Neste artigo, desvendamos o mundo dos swaps na negociação: fatores que influenciam o tamanho de um swap para navegar no reino dos swaps positivos e negativos.

Inscreva-se no nosso blog
Para as últimas notícias e recursos de trading enviados para o seu e-mail
rotator.png

Estamos lhe transferindo para nossa empresa afiliada, a Hantec Trader.

Observe que a Hantec Trader não aceita clientes dos EUA ou de outros países restritos.

Line-website.png